Artigo

Você tem boa postura no trabalho?



Você tem boa postura no trabalho?Essa é uma pergunta que sempre é feita quando há algum desconforto ou dor. Será que você está com a postura correta quando está trabalhando? Pense e reflita. Neste exato momento como você se encontra? Corcunda? Com o rosto quase pregado na tela do computador? Com as pernas cruzadas? Seu bumbum está na cadeira ou você já escorregou de uma certa forma, que já está quase sentado na coluna? Como se porta numa fila de banco? Fica apoiado somente em uma das pernas?Tudo isso reflete como o seu corpo está reagindo e se adaptando às compensações estabelecidas no dia a dia.Para que tenhamos noção de como está nossa postura é necessário uma boa consciência corporal. O que seria isso? Por exemplo: uma pessoa que tem uma boa consciência corporal ela tem noção de como está a cabeça ( pra frente,pra trás, inclinada,etc), os ombros (se estão rodados pra frente ou se estão numa posição de “elegância”) e o restante de todo o corpo.

          Para quem não consegue ter essa consciência corporal há um ramo da fisioterapia chamado RPG (reeducação postural global) que melhora significativamente essa consciência corporal. Ela dá condições para que o indivíduo consiga se manter numa boa postura, já que muitas vezes, o corpo se adaptou numa postura desfavorável o que causa dores musculares ao se tentar corrigir. Após alguns atendimentos o paciente já relata melhora nas dores e na postura. Falarei a respeito dessa técnica posteriormente em um outro artigo.

         Para quem trabalha na postura sentada, primeiramente a coluna deve se encontrar na mesma posição em que se encontrava na posição em pé (ereta). Ao sentar, a região do corpo que deve estar apoiada são esses ossinhos que sentimos na cadeira. Coloque a mão embaixo do bumbum, sentiu os ossinhos? Isso. Em cima deles que seu bumbum deve estar apoiado na cadeira.

         As pernas devem se manter em 90º para que a região posterior da coxa não seja comprimida.As pernas não devem ser cruzadas pelo fato de prejudicar a boa circulação de retorno.

         Como deve ser o assento? Deve ser firme, não necessariamente duro. Sua altura deve permitir que os joelhos e os tornozelos formem um ângulo de 90º, o joelho pode ficar um pouco menos que 90º.

         Se sua cadeira não traz as condições necessárias para uma boa postura, explicarei como adaptá-la.

         Se no seu local de trabalho não houver cadeiras com altura e encosto reguláveis há como adaptar as cadeiras normais. Em uma cadeira de encosto reto, que não seja oblíquo para trás, colocar uma almofada para diminuir sua profundidade ou tornar o encosto mais homogêneo, se necessário, e acrescentar um apoio arredondado na lombar para sustentá-la.

         Existem almofadas de espuma com forma do dorso de um tatu, que servem de apoio arredondado. Caso isso não esteja disponível, improvisar enrolando um pedaço de espuma de dois ou três centímetros de espessura, vinte centímetros de largura e trinta de comprimento, amarrando nas extremidades como uma bala e prendendo-a no encosto da cadeira. Se esta for muito alta, colocar um apoio sob os pés de forma a permitir que joelhos e tornozelos fiquem na posição adequada com o ângulo de 90º.

         Se você trabalha em computador, os punhos deverão estar na mesma altura do teclado. A distância dos olhos em relação ao monitor deve ser a mesma em relação ao teclado e ao papel que você possa estar olhando. Além disso, os olhos deverão estar na altura do topo do monitor.

 

Postura correta frente ao computador

 

 

 

 

         Agora, se você trabalha a maior parte do tempo de pé deve manter uma boa postura abdominal e de toda coluna, evitando também ficar parado por muito tempo. Procure caminhar, pois isso garantirá uma melhor circulação sanguínea e,se possível, sente-se um pouco no intervalo de 50 minutos.

         Para as mulheres adeptas a saltos, eles causam problemas na circulação sanguínea, dificultando o retorno venoso, além de provocar encurtamento de toda cadeia muscular posterior do corpo, o que causa dores. Para aquelas que não conseguem viver sem um salto, o ideal seria estar variando o tamanho e o tipo do salto e sempre que possível caminhar descalço algumas horas do dia.

 

Lembrem-se: Não existe uma só postura melhor para todos os indivíduos. Cada pessoa deve pegar o corpo e tirar o melhor proveito dele. Para cada pessoa, a melhor postura é aquela em que os segmentos corporais estão equilibrados na posição de menor esforço e máxima sustentação. Essa é uma questão individual.

 

         Espero ter acrescentado algo para quem leu o artigo. Fique alerta à sua postura. Preste atenção sempre.

 

  • Mauricio Junior

    Mauricio Junior