Artigo recomendado para Visual Studio 2008 beta2 ou superior

O Visual Studio 2008 √© a nova ferramenta de desenvolvimento para constru√ß√£o de aplica√ß√Ķes para plataforma .NET Framework 3.5 que traz nessa nova vers√£o um grande conjunto de recursos. Nesse momento abordaremos as novas funcionalidades para aplica√ß√Ķes web usando ASP.NET 3.5.

Multi Target

Uma grande novidade perceptível de imediato é o recurso conhecido como
Multi Target, que permite desenvolver para .NET 2.0 ; .NET 3.0 e .NET 3.5, garantindo dessa forma a você uma fácil migração do Visual Studio 2005 para o 2008 sem a necessidade de migrar a aplicação de imediato. A migração pode ser feita também a qualquer momento com o mínimo de conflitos, pois todo o processo é automático. Confira detalhes na figura 01.


Figura 01 - Multi Target.

Conforme exemplo da figura 01, de acordo com o framework escolhido o toolbox será carregado obedecendo esse critério de seleção e mostrando somente os referidos controles relacionados ao framework escolhido para o projeto.

Microsoft AJAX

Para projetos .NET 3.5 j√° vem instalado dentro do Visual Studio 2008 o Microsoft AJAX eliminando a necessidade de configura√ß√Ķes adicionais e trazendo ainda novos templates de projeto como ASP.NET AJAX Server Control Extender e ASP.NET AJAX Server Control. Conforme figura 02.


Figura 02 - Microsoft AJAX.

Ao criar um novo projeto do tipo web application, você já terá a disposição os controles do AJAX Extensions conforme figura 03.



Figura 03 - Ajax Extensions Toolbox.

Edição profissional de HTML

Com um novo editor html aprimorado seguindo o mesmo padr√£o de ferramentas profissionais como o Expression Web, os designers e desenvolvedores agora podem
compartilhar interfaces html e modific√°-las com qualidade sempre que necess√°rio
e sem prejuízo as mesmas garantindo um código html limpo. Outra novidade interessante nessa versão, é a divisão entre código html e a visualização do mesmo. Confira exemplo na figura 04.


Figura 04 - Edição profissional de HTML.

Amplo suporte a CSS

Novos recursos para edição de CSS como o CSS Properties, Manage Styles e Apply Styles além de Intellisense direta no css chegaram para simplificar o uso conforme figura 05 e figura 06.


Figura 05 - Novos recursos para CSS.

Ainda sobre a figura 05, observe o estilo ".Titulo" que está circulado em cinza. Essa marcação indica que ele está sendo utilizado na página.


Figura 06 - Intellisense para CSS.


Novos recursos para JavaScript

As novas implementa√ß√Ķes para os amantes da codifica√ß√£o em JavaScript, compreendem desde Intellisense ao suporte integrado para depura√ß√£o de c√≥digo. Ou seja, agora voc√™ n√£o precisa mais colocar "alert" em todo o seu c√≥digo, basta colocar um ponto de breakpoint e executar sua p√°gina.
Na figura 07 você já pode conferir um bloco de código JavaScript para construir um método de teste chamado de ExibirMSG(). Observe os comentários em verde e depois na figura 08 a exibição por meio do Intellisense no momento da utilização do método.


Figura 07 - Suporte a coment√°rios.


Figura 08 - Intellisense baseado nos coment√°rios.

E não para por aí. Agora o Intellisense é também carregado no código JavaScript conforme figura 09.



Figura 09 - Intellisense no código JavaScript.

Você já pode ir diretamente em um bloco de código JavaScript e inserir o breakpoint para provocar a parada no trecho desejado. E pode depurar seu código com amplo suporte como se estivesse depurando um código em Csharp. Confira na figura 10 a inserção de um ponto de parada.


Figura 10 - Nested Master Page.

Nested Master Page

O recurso de Master Page foi inserido no .net 2.0 em conjunto com o Visual Studio 2005. No entanto, nessa versão não é possível criar pelo designer master pages em cascata. Ou seja, uma master dentro da outra. Poderíamos até implementar esse recurso diretamente pelo código. Agora você já consegue fazer essa implementação diretamente pelo Visual Studio 2008. Confira exemplo na figura 11.


Figura 11 - MasterPage secund√°ria.


Figura 12 - Código da MasterPage vinculando a primeira.

.NET 3.5 e LINQ (Language Integrated Query)

O .NET Framework 2.0 foi acrescido de 03 pilares para compor a vers√£o 3.0 (Windows Comunication Foundation, Windows Presentation Foundation e Workflow Foundation). Agora acaba de ser complementado mais uma vez para dar suporte ao LINQ (Linguagem integrada de consulta), confira na figura 13.
O LINQ foi construído com o objetivo de se permitir quebrar a barreira entre dados e objetos que antes caminhavam em linhas separadas. Com o LINQ to SQL, você vai conseguir implementar o tão sonhado mapeamento objeto relacional, abstraindo do desenvolvedor os conhecimentos sobre a base de dados sql e deixando por conta do LINQ a comunicação. As mesmas funcionalidades você terá com LINQ to XML, onde você deixará de manipular tags e passará a trabalhar com objetos.
Estamos vivendo mais um marco no mundo da computa√ß√£o, onde passaremos a explorar ainda mais os conceitos de orienta√ß√£o a objetos apreendidos e utilizados com sucesso durante anos. 

 
Figura 13 -
LINQ (Language Integrated Query).

Traremos com mais detalhes nos próximos artigos. Sucesso em seus projetos.